Balão gástrico: Tire todas as suas dúvidas sobre esse procedimento antes de realizá-lo.

Para as pessoas que alcançaram um nível de obesidade perigoso para a saúde e por razões genéticas ou de outros fatores, não conseguem emagrecer de nenhuma outra forma, o balão gástrico é uma opção definitiva se feito corretamente.

Continue lendo para entender tudo sobre esse procedimento.

O que é?

O balão gástrico ou intragástrico é literalmente um balão inserido no estômago do paciente, para que ele ocupe espaço no órgão e cause uma sensação de saciedade na pessoa. Assim, ela irá ter menos fome e consequentemente irá comer menos durante o dia. Sua aplicação se baseia no fato de que nossos estômagos se adaptam ao quanto nós comemos. Se por exemplo você come muito, seu estômago vai aumentando de tamanho para suportar tal quantidade de comida até ele se tornar daquele tamanho definitivamente. Com o passar do tempo e os hábitos enraizados, as pessoas têm dificuldade de comer menos para reduzir o estômago, pois sentem muita fome para preencher o espaço vazio. Então o balão age preenchendo esse espaço.

Qual o valor do balão gástrico?

Os valores irão variar de acordo com o local que você está buscando atendimento, mas no Brasil a média de preços é que seja pelo menos R$ 5.000,00 o procedimento de colocação, sem contar o valor separado do balão em si. Ele normalmente custa em torno de R$ 3.500,00, totalizando por até uns R$ 9.000,00 se você contar outros gastos básicos sempre inclusos como o retorno ao médico e o transporte até o hospital.

Pelo SUS?

Uma dúvida de muitas pessoas é se o Sistema Único de Saúde cobre todo esse procedimento. Na verdade, muitos pacientes que buscam a cirurgia bariátrica não possuem realmente os requisitos para realizá-la. Isso porque não é qualquer pesinho a mais que vai te fazer necessitar da cirurgia, são realmente em casos que se não houver um emagrecimento rápido, a vida do indivíduo será prejudicada, correndo riscos de saúde.

O paciente precisa ter um IMC (índice de massa corporal) acima de 27, ou seja, estar em sobrepeso ou acima de 30, que é considerada obesidade.

O SUS até cobre, mas o tempo normalmente entre o período de dar entrada e conseguir uma consulta é de pelo menos 2 meses, imagine então para conseguir a cirurgia. Se for um caso de muito risco, vale mais a pena pagar.

O balão gástrico funciona?

Sim, porém o emagrecimento não é nada garantido. Após a aplicação do balão, a pessoa precisa mudar seus hábitos. Pelo fato de sentir-se satisfeita mais rapidamente, ela não conseguirá comer muito e poderá sentir enjoos ou vomitar se comer mais do que o necessário.

Mas caso ela ponha o balão e continue com hábitos de comer muito, ela só prejudicará seu estômago, terá péssimos efeitos colaterais e pode engordar tudo de novo depois.

Hipnótico e imaginário?

Parece loucura, mas isso existe de verdade e é a aplicação do balão gástrico hipnótico ou imaginário. Esse tratamento é realizado por médicos especializados em psicoterapia cognitiva comportamental. O que ocorre é literalmente uma hipnose do paciente, fazendo um procedimento na qual ele realmente acredita que a cirurgia do balão está ocorrendo. Ele sente os cheiros do hospital, sente que está sendo sedado, ouve que estão colocando o balão no seu estômago e que a partir de agora ele mudará seus hábitos por conta da sensação de saciedade.

A verdade é que esse procedimento pode realmente funciona, pois, igualmente à meditação, a hipnose trabalha com um convencimento mental da pessoa. O importante é ela realmente acreditar no processo e fazer valer, ela passará a comer menos e será como se tivesse feito uma cirurgia.

0 Compart.

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *